Treinamento in-company

Técnicas para a otimização de armazéns


A quem se destina: Gerentes, Supervisores, Coordenadores e Analistas de Logística, responsáveis pela atividade de movimentação e armazenagem, em Empresas Prestadoras de Serviços Logísticos (Operadores Logísticos, Transportadoras, Freight Forwarders, Portos Secos, Armazéns Gerais, etc) e Empresas de diversos setores da Indústria e do Comércio.

Por que participar: A atividade de movimentação e armazenagem é responsável, em média, por 30% a 35% dos custos logísticos totais, equivalentes a 2% a 5% da receita das empresas. Armazéns corretamente gerenciados podem levar a redução de até 30% nos custos. Este curso tem por objetivo transmitir aos participantes os conceitos de armazéns classe mundial, parâmetros e técnicas para a identificação de oportunidades de melhoria e apontar soluções para os problemas existentes.

Carga-horária do curso: 16 horas.

Programa Técnico:

1. Áreas Chave e Ações que Conduzem a Melhorias (e Redução de Custos) em:

a. Espaço
b. Equipamentos
c. Layout
d. Processos
e. Sistemas de Gestão
f. O que priorizar?
g. Resultados alcançados por Armazéns Classe Mundial

2. Conceitos Básicos em Movimentação e Armazenagem

a. Fluxo de Operações em um Armazém
b. Atividades de um Armazém
c. Evolução dos Armazéns
d. Aplicações para Armazéns (cross-docking, transit-point, centros de distribuição, buffer, etc)

3. Custos em Armazéns

a. Fixos e Variáveis
b. Diretos e Indiretos
c. Métodos de Custeio Tradicionais
d. Método de Custeio Baseado em Atividades ou Activity Based Costing
e. Como Reduzir Custos em Armazéns

4. Processo de Picking (Separação de Pedidos)

a. Importância do Picking no Custo de Movimentação e Armazenagem
b. Formas de Separação de Pedidos, Aplicações, Vantagens e Desvantagens
c. Dimensionamento de Pick Faces e impactos sobre a freqüência de reabastecimento
d. Fatores de Complexidade na Separação de Pedidos
e. Sistemas Automatizados de Picking
i. Sistema Flow Rack
ii. Carrosséis Verticais e Horizontais
iii. Sistema AS/RS
iv. Separação por Rádio Freqüência
v. Picking by Light

5. Layout de Armazéns como forma de reduzir movimentações em duplicidade, retrabalhos e riscos de acidentes

a. Recomendações para a elaboração do layout de um armazém
b. Tipos de Layout:
i. em "U"
ii. em "I"
iii. em "L"
iv. modular
c. Vantagens e desvantagens d. Check-list para verificar efici
ência do layout atual
6. Perfil Operacional do Armazém e o Modelo Operacional Teórico
a. Sazonalidade no ano, no mês e na semana
b. Curva ABC (giro, popularidade, volume)
c. Número de itens por pedido
d. Número de NFs por dia
e. Peso ou volume por pedido
f. Velocidade dos Itens
g. Perfil do inventário
h. Uso das informações para a tomada de decisão nos armazéns
i. Análise de GAP

7. Mapeamento, Análise e Revisão de Processos em Armazéns - a via mais rápida e de maior impacto em custos em armazéns

8. Especificação dos Armazéns (medidas do edifício, utilização do terreno, áreas operacionais e auxiliares, áreas cobertas e não-cobertas, pé-direito, piso, cobertura, ventilação, etc) que levam à otimização dos custos em armazéns

9. Dimensionamento de Armazéns e de Áreas Operacionais

a. Estacionamento, Pátio e Ruas Internas
b. Docas
c. Áreas de Stage-in / Stage-out
d. Áreas de Estocagem
e. Áreas para Separação de Pedidos

10. Verticalização dos Estoques

a. Considerações Iniciais
b. Otimização do Espaço Físico e Aproveitamento Cúbico
c. O que é como combater o Efeito Honeycombing
d. Comparativo entre os Tipos de Estruturas para Verticalização dos Estoques
i. Seletividade
ii. Perda de espaço útil com corredores e aproveitamento do espaço
iii. Simulação de opções
iv. Investimento
v. Ferramenta em Excel para Cálculo do Número de Posições
e. Sistema Drive-in / Drive-Thru
f. Sistema Dinâmico
g. Sistema Porta-Páletes Convencional
h. Sistemas Porta-Páletes de Dupla Profundidade
i. Sistema Porta-Páletes Deslizante
j. Sistema Blocado
k. Sistema Push Back
l. Cantilevers
m. Estanterias
n. Sistemas Autoportantes

11. Aplicação da Curva ABC (volume, giro e freqüência) na Estocagem de Materiais

12. Redução de Estoques e Gestão de Estoques Obsoletos

a. Custos Financeiros e Operacionais com Estoques
b. Passos para a Redução dos Estoques
c. Resultados Esperados

13. Equipamentos de Movimentação e Armazenagem

a. Empilhadeiras
i. Tipos de Empilhadeiras, Características Técnicas e Aplicação
ii. Uso Racional e Econômico dos Equipamentos de Movimentação
iii. Escolha de Equipamentos
iv. Leasing, Consórcio, Aluguel ou Compra?
b. Automação da Movimentação Interna

14. Gestão de Pessoas

a. Peculiaridades e Desafios na Gestão de Pessoas (absenteísmo, picos e vales, furto, etc) em Armazéns
b. O Importante Papel do Supervisor
c. Perfil do Profissional de Armazéns
d. Salários de Mercado
e. Recomendações na Gestão da Mão-de-Obra
f. Dimensionamento de Recursos em Armazéns

15. Inventário cíclico ou rotativo

a. Vantagens
b. Aplicação
c. Freqüência de Contagens
d. Custos envolvidos

16. Inventário físico geral

a. Aplicação
b. Planejamento
c. Check-list

17. Sistemas de Gestão Operacional (WMS - Warehouse Management System)

a. Quando implantar?
b. Quanto investir?
c. Características e Funcionalidades do sistema WMS
d. O que fazer e o que não fazer em uma implementação de WMS

18. Indicadores de Desempenho em Movimentação e Armazenagem

a. Indicadores de Custo
b. Indicadores de Atendimento ao Nível de Serviço
c. Indicadores de Produtividade Operacional

19. Tendências Futuras em Movimentação e Armazenagem

20. Ferramenta para Auditoria em Armazéns

Investimento: a consultar através do e-mail: guepardo@guepardologistica.com.br
Telefone: +55 11 2694-1391 | marcoantonio@guepardologistica.com.br
Guepardo Consultoria em Logística | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento:
empresas do grupo:
TigerlogNet Logística